Verbo: conceito, modos e exemplos didáticos

rafaelbb
By rafaelbb outubro 11, 2013 14:44 Updated

Verbo: conceito, modos e exemplos didáticos

Verbos: Aprenda os conceitos, os modos de verbos e estude pelos exemplos fornecidos abaixo.

Verbos: observe os modos verbais e exemplos práticos nessa tabela.

Verbos: observe os modos verbais e exemplos práticos nessa tabela.

1) Conceituação: verbo define-se como uma palavra que se flexiona em número, pessoa, modo, tempo e voz. Podendo também indicar outros processos, tais como: i) ação (correr, pular); ii) estado ou mudança de estado (ser, ficar); iii) fenômeno natural (chover, anoitecer); iv) ocorrência (acontecer, suceder); e, v) desejo (querer, aspirar).

2) Estrutura das formas verbais: há três tipos de morfemas que participam da estrutura das formas verbais, sendo eles: o radical, a vogal temática e as desinências.

a) radical: é o morfema que concentra a significação básica do verbo, conforme segue nos casos do exemplo: opin – ar; aprend – er; nutr – ir; am – ar; beb – er; part – ir.

b) vogal temática: é o morfema que permite a ligação entre o radical e as desinências. No caso da ortografia brasileira, existem trem vogais temáticas, sendo elas: i) A, que caracteriza os verbos da primeira conjugação, como por exemplo, opin – a – r; am – a – r. ii) E, caracteriza os verbos da segunda conjugação, como por exemplo, aprend – e – r; beb – e – r. Além disso, vale informar que o verbo pôr  e seus derivados (supor, depor, repor, etc) pertencem à conjugação com a vogal temática e. iii) I, caracteriza os verbos da terceira conjugação, como por exemplo, nutr – i – r; part – i – r.

O termo formado pelo radical + vogal temática é denominado de tema.

c) desinência: são morfemas que se acrescentam ao tema (formação do radical + vogal temática) para indicar as flexões do verbo. Vale citar que existem desinências número – pessoais e desinências modo – temporais.

3) Flexões Verbais: Os verbos flexionam em número, pessoa,modo, tempo e voz. Sendo estas detalhadas a seguir.

i) Número e Pessoa: os verbos podem se referir a um único ser ou a mais de um ser, no caso, de um único ser, é classificado por singular; já para mais de um ser, é classificado como plural. Essa indicação de numero é acompanhada pela indicação da pessoa gramatical a que o verbo esta se referindo. Conforme os exemplos a seguir:

Eu opino (primeira pessoa do singular)

Tu opinas (segunda pessoa do singular)

Ele/Ela opina (terceira pessoa do singular)

Nós opinamos (primeira pessoa do plural)

Vós opinais (segunda pessoa do plural)

Eles/Elas opinam (terceira pessoa do plural)

ii) Tempo e Modo: no momento em que se fala ou escreve, o processo verbal pode estar ocorrendo, pode já ter ocorrido ou pode ainda ocorrer. Com isso, nestas três possibilidades, têm-se os três tempos verbais. o presente, o passado/pretérito e o futuro. Além disso, a indicação do tempo esta normalmente associada à indicação do modo do verbo, ou seja, a expressão de atitude de quem está falando ou escrevendo. Nesse caso, existem três formas de modo verbal: o modo indicativo, o modo subjuntivo e o modo imperativo.

iii) Voz: a voz verbal indica a relação entre o ser a que o verbo se refere e o processo que esse mesmo verbo exprime. Nesse caso, há três tipos de casos possíveis, sendo apresentados a seguir:

i) voz ativa: o ser a que o verbo se refere é o agente do processo verbal, como no exemplo, “João chutou a bola.” João é o agente do processo verbal.

ii) voz passiva: o ser a que o verbo se refere é o paciente do processo verbal, como no exemplo, “O professor foi demitido do cargo”. No exemplo, o verbo foi demitido está na voz passiva porque o professor é o paciente da ação verbal.

iii) voz reflexiva: o ser a que o verbo se refere é, ao mesmo tempo, o agente e o paciente do processo verbal, pois age sobre si mesmo, como no exemplo, “O jogador retirou-se do campo”. No exemplo, o verbo retirou-se está na voz reflexiva, pois o jogador é, a um só tempo, agente e paciente, que no caso, o jogador retirou a si mesmo de campo.

 

4) Conjugações

i) Tempos Simples: Verbo opinar

Modo Indicativo

Presente

Eu opino

Tu opinas

Ele opina

Nós opinamos

Vós opinais

Eles opinam

 

Pretérito Imperfeito

Eu opinava

Tu opinavas

Ele opinava

Nós opinávamos

Vós opináveis

Eles opinavam

 

Pretérito Perfeito

Eu opinei

Tu opinaste

Ele opinou

Nós opinamos

Vós opinastes

Eles opinaram

 

Pretérito Mais-que-perfeito

Eu opinara

Tu opinaras

Ele opinara

Nós opináramos

Vós opináreis

Eles opinaram

 

Futuro do Presente

Eu opinarei

Tu opinarás

Ele opinará

Nós opinaremos

Vós opinareis

Eles opinarão

 

Futuro do Pretérito

Eu opinaria

Tu opinarias

Ele opinaria

Nós opinaríamos

Vós opinaríeis

Eles opinariam

 

Modo Subjuntivo

Presente

Eu opine

Tu opines

Ele opine

Nós opinemos

Vós opineis

Eles opinem

 

Pretérito Imperfeito

Eu opinasse

Tu opinasses

Ele opinasse

Nós opinássemos

Vós opinásseis

Eles opinassem

 

Futuro

Eu opinar

Tu opinares

Ele opinar

Nós opinarmos

Vós opinardes

Eles opinarem

 

Modo Imperativo

 

Afirmativo

Opina tu

Opine você

Opinemos nós

Opinai vós

Opinem vocês

 

Negativo

Não opines tu

Não opine você

Não opinemos nós

Não opineis vós

Não opinem vocês

 

Formas Nominais

Infinitivo Pessoal

Eu opinar

Tu opinares

Ele opinar

Nós opinarmos

Vós opinardes

Eles opinarem

 

Infinitivo impessoal

opinar

 

Gerúndio

Opinando

 

Particípio

Opinado

 

5) As formas nominais: são três as chamadas formas nominais de verbo, sendo elas: i) infinitivo: são as formas terminadas em ar, er ou ir; ii) gerúndio: são as formas terminadas em ndo; iii) particípio: são as formas verbais terminadas em ado ou ido.

6) Tempos Compostos: os tempos verbais compostos são formados por locuções verbais que têm como auxiliares os verbos ter e haver e, além disso, o verbo principal segue no particípio. Como segue nas conjugações abaixo, tendo o verbo opinar como principal.

 

Modo Indicativo

Pretérito Perfeito

Eu tenho/hei opinado

Tu tens/hás opinado

Ele tem/há opinado

Nós temos/havemos opinado

Vós tendes/haveis opinado

Eles têm/hão opinado

 

Pretérito mais-que-perfeito

Eu tinha/havia opinado

Tu tinhas/havias opinado

Ele tinha/havia opinado

Nós tínhamos/havíamos opinado

Vós tínheis/havíeis opinado

Eles tinham/haviam opinado

 

Futuro do Presente

Eu terei/haverei opinado

Tu terás/haverás opinado

Ele terá/haverá opinado

Nós teremos/haveremos opinado

Vós tereis/haverei opinado

Eles terão/haverão opinado

 

Futuro do Pretérito

Eu teria/haveria opinado

Tu terias/haverias opinado

Ele teria/haveria opinado

Nós teríamos/haveríamos opinado

Vós teríeis/haveríeis opinado

Eles teriam/haveriam opinado

 

Modo Subjuntivo

Pretérito Perfeito

Eu tenha/haja opinado

Tu tenhas/hajas opinado

Ele tenha/haja opinado

Nós tenhamos/hajamos opinado

Vós tenhais/hajais opinado

Eles tenham/hajam opinado

 

Pretérito mais-que-perfeito

Eu tivesse/houvesse opinado

Tu tivesses/houvesses opinado

Ele tivesse/houvesse opinado

Nós tivéssemos/houvéssemos opinado

Vós tivésseis/houvésseis opinado

Eles tivessem/houvessem opinado

 

Futuro

Eu tiver/houver opinado

Tu tiveres/houveres opinado

Ele tiver/houver opinado

Nós tivermos/houvermos opinado

Vós tiverdes/houverdes opinado

Eles tiverem/houverem opinado

 

Futuro do Pretérito

Eu teria/havia opinado

Tu terias/haveria opinado

Ele teria/haveria opinado

Nós teríamos/haveríamos opinado

Vós teríeis/haveríeis opinado

Eles teriam/haveriam opinado

 

Formas Nominais

Infinitivo Impessoal

Ter/haver opinado

 

Infinitivo Pessoal

Eu ter/haver opinado

Tu teres/haveres opinado

Ele ter/haver opinado

Nós termos/havermos opinado

Vós terdes/haverdes opinado

Eles terem/haverem opinado

 

Gerúndio

Tendo/havendo opinado

 

7) Tipos de Verbos: os verbos classificam-se em: i) verbos regulares: são aqueles que não sofrem alterações no radical, como no exemplo: cantar, partir; ii) verbos irregulares: são aqueles que sofrem pequenas alterações no radical, como no exemplo: fazer = faço, fiz; iii) verbos anômalos: são aqueles que sofrem grandes alterações no radical, como no exemplo: ser = sou, é, fui; iv) verbos defectivos: são aqueles que não possuem conjugação completa, por exemplo, os verbos falir, reaver e precaver não possuem as primeiras, segundas e terceiras do singular e plural no presente do indicativo e do subjuntivo; v) verbos abundantes: são aqueles que apresentam duas formas de mesmo valor. Nesse caso, as variações ocorrem geralmente no particípio e são classificadas como particípio regular, terminando em ado e ido, sendo este usado na voz ativa e acompanhado dos verbos auxiliares ter ou haver. Já no caso do particípio irregular, utiliza-se na voz passiva e é acompanhado dos verbos auxiliares ser ou estar. Como no exemplo, seja o verbo aceitar, no particípio regular (aceitado) e no particípio irregular (aceito).

Curtam a fan page:

https://www.facebook.com/materiaisgratuitosdeconcursospublicos

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (2 votes cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: +2 (from 2 votes)
Verbo: conceito, modos e exemplos didáticos, 10.0 out of 10 based on 2 ratings
rafaelbb
By rafaelbb outubro 11, 2013 14:44 Updated
Write a comment

3 Comments

  1. Carolina outubro 11, 22:03

    Muito boa explicação sobre verbo! Bom para se a atualizar.
    Um site de estudo gratuito que realmente ajuda! Obrigada

    Abraços Carol

    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: +1 (from 1 vote)
    Reply to this comment
  2. Andrea dezembro 22, 15:57

    Gostei bastante desse material. Grata!

    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: +2 (from 2 votes)
    Reply to this comment
  3. gislene santiago fevereiro 16, 20:18

    quero mas disso ! muitoo bom !

    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: 0 (from 0 votes)
    Reply to this comment
View comments

Write a comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*